Friday, May 01, 2015

VIDA


VIDA
por Yuri Zemanova

Quero me matar!
Eu sou uma bomba,
indestrutível e destruviva,
cíclica e repetitiva.
Crio-a sempre fácil,
construo-a sempre difícil,
e a destruo como se não tivesse valor.
Não a mereco,
muito menos viver.

Devo me matar!
Acabar com a fonte dos problemas,
falsidade e infantilidade.
Destruir a quem destrói laços,
estúpido e débil.
Nao me merecem,
muito menos viver comigo.

Vou me matar!
Na morte há esperança,
liberdade e vida.
Felicidade brotará.
Desaparecer...
Deixá-los viver na minha morte.

No comments: